Quem tem direito ao Auxílio Gás?

O Auxílio Gás, também conhecido popularmente como Vale Gás, foi criado pelo governo federal para facilitar o acesso das famílias de baixa renda na compra do gás de cozinha. Este programa vem ajudando milhares de famílias desde a data da sua instituição em 2 de dezembro de 2021, pelo Decreto nº 10.881.


Nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro, começou a ser pago o Auxílio Gás. Os pagamentos e canais de atendimento do Auxílio Gás são de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.


Neste artigo, vamos esclarecer as principais dúvidas sobre este benefício e o que você precisa fazer para recebê-los. Fique conosco até o final.

O Auxílio Gás, também conhecido popularmente como Vale Gás, foi criado pelo governo federal para facilitar o acesso das famílias de baixa renda na compra do gás de cozinha.
Auxílio Gás ( foto reprodução )

Como saber se você tem direito ao Auxílio Gás?

São elegíveis ao recebimento do Auxílio Gás as famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) com renda mensal igual ou inferior a meio salário mínimo por pessoa e famílias com pessoas residentes no mesmo domicílio recebendo BPC (Benefício de Prestação Continuada), inscritas ou não no Cadastro Único.


No caso das famílias inscritas no CadÚnico, quem recebe os recursos do benefício é o responsável pela família, com preferência para a mulher, que deve ser indicada no cadastro. Já para as famílias com beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada), e não inscritas no Cadastro Único, o repasse é feito ao titular do benefício assistencial ou seu Responsável Legal.


O Benefício de Prestação Continuada determina o pagamento de um salário mínimo R$ 1.212,00 por mês à pessoa com deficiência ou ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover o sustento próprio ou de sua família.
Esses critérios, porém, não garantem a entrada imediata das famílias no programa ou o recebimento do benefício. Para receber o Auxílio Gás, é preciso atender às seguintes condições:

  • Famílias com registro do CadÚnico atualizado dentro dos últimos 24 meses;
  • Famílias com maior número de pessoas;
  • Famílias que recebem o benefício Auxílio Brasil;
  • Famílias selecionadas de acordo com outras situações.
    As famílias de mulheres vítimas de violência doméstica com medidas protetivas de urgência têm prioridade.

Qual é o valor do Auxílio Gás?

De acordo com a Lei nº 14.237/2021, que instituiu o Auxílio Gás, o benefício deve ser pago a cada dois meses, e equivale a 50% do valor do botijão de gás 13kg de gás liquefeito de petróleo (GLP) em território nacional.


As famílias cadastradas até junho de 2022 receberam parcelas entre R$ 50,00 e R$ 53,00. Porém, com a aprovação da Emenda Constitucional nº 123, de 14 de julho de 2022, a chamada PEC Kamikaze disponibilizou uma parcela extraordinária ao Auxílio Gás para cada bimestre no segundo semestre do ano.

Essa adição levou ao pagamento do valor integral do botijão de 13 kg nesse semestre.
De acordo com o Ministério da Cidadania, que administra o benefício, o valor pago neste mês será R$ 112,00, o que equivale a 100% do valor médio do botijão 13kg.

Como receber o Auxílio Gás

O pagamento do Auxílio Gás varia de acordo com o último número da sequência do NIS (Número de Identificação Social).
Veja a seguir o calendário de pagamentos para o mês de dezembro de 2022:
NIS com final 1: dia 12
NIS com final 2: dia 13
NIS com final 3: dia 14
NIS com final 4: dia 15
NIS com final 5: dia 16
NIS com final 6: dia 19
NIS com final 7: dia 20
NIS com final 8: dia 21
NIS com final 9: dia 22
NIS com final 0: dia 23

O benefício é pago da mesma forma que o benefício Auxílio Brasil, podendo ocorrer via:

  • conta Poupança Social Digital;
  • conta Poupança CAIXA Fácil;
  • Plataforma social, que permite o saque com cartão social.

Como consultar o Auxílio Gás pelo CPF?

Para saber se você foi selecionado para receber o Auxílio Gás ou consultar se a sua parcela do seu benefício está disponível com o CPF, basta usar um dos seguintes aplicativos:

  • Aplicativo Auxílio Brasil, usando os número dos do CPF e NIS;
  • Aplicativo Caixa Tem, criando um login com o CPF;

Outra opção é ligar para o Atendimento Caixa pelo telefone 111 ou para o Ministério da Cidadania pelo 121 e digitar o número do CPF ou NIS.